Inscreva-se no Feed do Pensar Eco e receba os posts por email!

www.pensareco.com

terça-feira, 28 de julho de 2015

Segundo Abrelpe, produção de lixo no país cresce 29% em 11 anos


A geração de lixo no Brasil aumentou 29% de 2003 a 2014, o equivalente a cinco vezes a taxa de crescimento populacional no período, que foi 6%, de acordo com levantamento divulgado nesta segunda, 27/07, pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). 

A quantidade de resíduos com destinação adequada, no entanto, não acompanhou o crescimento da geração de lixo. No ano passado, só 58,4% do total foram direcionados a aterros sanitários.

Mais de 41% das 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos gerados no país em 2014 tiveram como destino lixões e aterros controlados. Segundo a Abrelpe, esses locais são inadequados e oferecem riscos ao meio ambiente e à saúde. No ano anterior, o percentual foi 41,7%. 

A metodologia da pesquisa envolveu 400 municípios, o equivalente a 91,7 milhões de pessoas. Por dia, o brasileiro gera, em média, 1,062 quilo de lixo.

Esse dados mostram que mais de 78 milhões de brasileiros, ou 38,5% da população, não têm acesso a serviços de tratamento e destinação adequada de resíduos sólidos. Além disso, mais de 20 milhões de pessoas não dispõem de coleta regular de lixo, pois cerca de 10% dos materiais gerado não são recolhidos. O volume de lixo produzido aumentou 2,9%, entre 2013 e 2014. A coleta de resíduos, por sua vez, melhorou 3,2%.


Esta é a primeira pesquisa que retrata a situação da gestão dos resíduos, depois da vigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em 2010. Em relação à reciclagem, a pesquisa revela uma evolução de 7,2 ponto percentual. Em 2010, apenas 57,6% dos municípios tinham alguma iniciativa de coleta seletiva. No ano passado, o percentual aumentou para 64,8%.(Camila Maciel - Repórter da Agência Brasil)


Leia também:


De 2003 a 2014, lixo aumentou 29%; crescimento populacional foi de 6%. (G1)

Pesquisa mostra enorme crescimento no lixo produzido no país (G1)

Fontes: Agência Brasil- 27/07/15
             G1- 27/07

Vitrine Pensar Eco: Iniciativa Verde lança terceira edição da Revista Plantando Águas



A Iniciativa Verde, por meio do projeto Plantando Águas patrocinado pela Petrobras e realizado em parceria com 20 instituições, lança em julho a terceira edição da Revista Plantando Águas, de 32 páginas.

Esta edição conta com uma matéria especial sobre os dois anos do projeto. Também ensina como instalar em casa, seja no campo ou na cidade, uma cisterna. Tem uma entrevista exclusiva com a Marussia Whately, coordenadora da Aliança pela Água, coalizão de organizações da sociedade para propor soluções para a crise da água em São Paulo. 

Traz dicas de livros, novidades da área rural, entre outros. Duas mil cópias da revista serão distribuídas para os participantes do projeto, mas ela pode ser baixada por todos por meio do endereço:
http://www.iniciativaverde.org.br/biblioteca-nossas-publicacoes.php .

Durante a entrevista, Marussia explicou que a crise hídrica na região Sudeste tem quatro principais causas. A especialista alertou, também, que a tendência em relação a água é aumento do consumo, poluição, exploração de aquíferos. “Daqui para frente é necessário construir uma nova cultura do cuidado com a água. Cuidar nas áreas urbanas e rurais, tratar e reutilizar sempre que possível, garantir que um uso não prejudique o outro, tarifas justas e distribuição eficiente e controle e participação social”, completa.

A matéria de capa, sobre o projeto Plantando Águas, resume tudo o que foi feito. Para se ter uma ideia: 163 famílias de proprietários rurais participaram do projet;, 3.960 crianças da rede de ensino tiveram aulas no Centro de Educação Ambiental; foram instaladas 116 fossas sépticas biodigestoras, 67 cisternas; plantados 75,66 hectares de Agroflorestas e árvores nativas. Além do que foi feito no campo e ideias para se replicar, a matéria traz depoimentos dos proprietários rurais participantes: “Eu posso dizer que estou mais contente, satisfeito, alegre porque estou conseguindo realizar um sonho que tinha desde quando nasci. Hoje, produzimos milho, feijão, manga, maracujá, hortaliça, tudo limpo, sem química nenhuma, sem veneno algum”, diz Sebastião da Frota Duque, do Assentamento Santa Helena, em São Carlos (SP).

A revista também tem uma matéria com o resultado do monitoramento da água feito em 22 pontos de locais participantes do projeto: praticamente, toda está comprometida para o consumo próprio. Nela, há uma explicação sobre o que fazer conforme a variável encontrada na água (muito ferro, coliformes fecais, alumínio, nitrogênio) e os principais motivos que geram esse excesso de substâncias. A publicação mantém as seções de notas, fotos, biblioteca e como fazer (no caso, uma cisterna).

Obs.: A revista recebeu o Selo Carbon Free da Inciativa Verde, atestando que as compensações das emissões de carbono envolvidas em sua produção foram compensadas com o plantio de árvores nativas em áreas degradadas de Mata Atlântica, e a certificação FSC.

Sobre o Plantando Águas


O projeto, patrocinado pela Petrobras tem como objetivo adequar propriedades rurais do estado de São Paulo de acordo com o que estabelece o Código Florestal para recuperar e conservar os recursos hídricos. Aproximadamente, 160 famílias são beneficiadas diretamente nos municípios de Araçoiaba da Serra, Iperó, Itapetininga, Piedade, Porto Feliz, Salto de Pirapora, São Carlos e São Roque. Ao publicar esta cartilha, o projeto Plantando Águas espera contribuir para o desenvolvimento rural sustentável e auxiliar os agricultores nessa adequação. 


Saiba mais sobre o projeto: 
http://www.iniciativaverde.org.br/plantandoaguas.php .

Fonte: Iniciativa Verde

#VitrinePensarEco

sábado, 25 de julho de 2015

Encontro Plataforma Liderança sustentável 2015




Ideia Sustentável e Ricardo Voltolini têm a honra de convidar você para o lançamento da quarta etapa da Plataforma Liderança Sustentável, um grande encontro de líderes que ocorrerá no dia 4 de agosto de 2015, no auditório da FIESP em São Paulo. 



O encontro faz parte de um movimento que está levando lideranças a transformar a essência de seus negócios por todo o Brasil.

O objetivo da Plataforma é identificar, inspirar, conectar e educar jovens gestores para as questões da sustentabilidade a partir das histórias de líderes consagrados no tema.

O lançamento da nova etapa da iniciativa reunirá 10 líderes de grandes empresas que contarão, em depoimentos curtos e objetivos, como suas companhias estão inovando para a sustentabilidade. Além disso, também será lançado na ocasião o novo livro de Ricardo Voltolini, Sustentabilidade no Coração do Negócio.

Confirme sua presença respondendo este e-mail.

E que este movimento possa também mobilizar a sua organização!
Até lá!
Ricardo Voltolini e equipe Plataforma Liderança Sustentável

Fonte: Plataforma Liderança Sustentável